O Planeta está no vermelho

Já consumimos até o dia 20/08 deste ano mais do que o planeta pode fornecer neste mesmo período, isto é o que WWWF e pesquisadores da GFN – Global Footprint Network, uma organização não governamental com sede nos Estados Unidos, Suíça e Bélgica informaram em um relatório anual e que para muitos isto não tem relevância alguma, mas para aqueles que pensam no planeta que iremos deixar para nossos filhos e netos é algo assustador, pois ao passo que estamos ido, a cada ano a terra perde 3 dias para o consumo de nós seres humanos que aqui vivem.

Além de consumir mais, também produzimos mais lixo que o planeta pode reciclar, a prova estar no mar, nos rios, lagos, em aterros sanitários, cada dia mais e mais a humanidade deixa sua casa mais suja, muitos locais no mundo são considerados inabitáveis para vários especialistas em meio ambiente, e ainda assim, governos e sociedade ainda fazem pouco ou nada para reverter a situação.

Produzimos cada vez mais alimento e que conseguimos consequentemente desperdiçar-los na extremidade oposta da cadeira produtiva, segundo a  FAO ( Organização da Agricultura e Alimentação das ONU ), 33% da comida são desperdiçadas anualmente antes mesmos de chegarem ás nossas mesas, isso é muito considerando considerando que quase 1 bilhão de pessoas passam fome todos os anos no mundo. Com dados de 2017 FAO aponta que cerca de 33% de tudo o que é produzido anualmente no mundo vai para o lixo. Deste percentual, 54% das perdas ocorrem na fase inicial do cultivo, passando pela manipulação, pós-colheita e armazenamento. Os 46% restantes são perdidos nas etapas de processamento, distribuição e consumo.

 

Fontes:

www.fao.org/

http://www.sna.agr.br/

https://hypescience.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *