Corrupção na CBF

Terminou ontem na Justiça de Nova York as confederações solicitarem a reintegração de valores embolsados pelo Ex-Presidente da CBF e um dos protagonistas em uma das maiores fraudes no mundo dos esportes conhecida até hoje, muitas confederações fizeram esta solicitação, já que se sentiram lesadas, a CBF por outro lado não pediu ressarcimento algum.

Segundo a Justiça americana, somente os os últimos três presidentes da CBF, teriam fraudado a CBF em milhões de dólares. Apenas Marin Marco Polo Del Nero teriam sido responsáveis por uma corrupção equivalente a mais de US$ 13 milhões (R$ 48,5 milhões).

A FIFA tenta na justiça Americana reaver perto de US$ 5,3 milhões (R$ 19,8 milhões) pelos três dirigentes brasileiros.

A FIFA ainda pede ser ressarcida em US$ 339 mil (R$ 1,2 milhão) por conta dos desvios promovidos por Juan Ángel Napout, ex-presidente da Conmebol e também já condenado na Justiça americana.

Por outro lado a Conmebol pede ressarcimento de cerca de 130 milhões, referente a quase 20 anos, que estes dirigentes estavam no poder.

Fontes:

www.terra.com.br

novobloglimpinhoecheiroso.files.wordpress.com ( imagem )

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *